Domingo, 30 de Setembro de 2007

“O Tamanho... Importa?!?”

Calma... calma... meus amigos... não vamos já começar a “soltar a franga” só porque o post de hoje fala de tamanhos... até porque não é desses tamanhos (que estão todos a pensar) que vos venho falar...
Venho sim, dar-vos a conhecer mais uma ideia daquelas “peregrinas” que só os Chineses têm e que são no mínimo... inexplicáveis...

É pratica comum em muitos, ou talvez até em todos, os locais do mundo existirem pessoas que por esta ou aquela razão não gostarem de usar os sapatos muito apertados ou menos justos... ou é porque fazem calos, ou porque incham por má circulação sanguínea... seja por que motivo for... mas, nesse capítulo, os chineses EXAGERAM... mas exageram de uma maneira que é de "bater com a cabeça nas paredes"...

Então é o seguinte... ou como diz o pessoal “do meu bairro”... “Então é assim...” ; ) (é verdade isto... e quem pertence ao grupo pode confirmar) vamos imaginar um chinês que entra numa sapataria... ele calça o 39 e logo vai comprar o... Não!!! O 42... ah pois... é mais do certo... compram (no mínimo) 3 tamanhos acima... ou mais (caso esse tamanho não exista ou esteja esgotado) e depois andam pelas ruas a cair ou a “chinelar” como quem usa BARBATANAS no dia-a-dia...

Dizem-me ainda... (ainda não tive oportunidade de confirmar... e confesso que a ideia não é assim muito atractiva) que além dos sapatos, outra coisa que eles usam 3 tamanhos acima é... as cuecas... FONIX... Ok... adiante...

É também muito comum (e isso posso ver diariamente) os uniformes escolares (sim, porque aqui o uso de uniforme nas escolas é mais do que obrigatório) digamos que acompanham o crescimento dos alunos... assim, é comum ver os alunos vestirem o mesmo uniforme... do 1º ao 6º ano ou mais... sendo que a medida foi tirada para estar mais ou menos “fit” algures entre o 3º e 4º anos ; ) digamos que assim vão mudando de estilo ao longo dos anos de escola... começam no "dread" e acabam no "short"...

Isto só visto que contado ninguém acredita...

 

 

P.S.: Este post é dedicado a alguém muito especial, às duas MULHERES da minha vida... que HOJE mostraram porque são a razão do meu "orgulho"...

Tempo para hoje:
Banda sonora: The Reason - Hoobastank
Sábado, 29 de Setembro de 2007

Mitos e “Lêndeas”

 


Pois é, cá continuo eu a minha série e tanto que há para escrever sobre o assunto... mas adiante que se faz tarde...
 
Todos sabemos que os chineses são um prodígio criador de MITOS... uma espécie de “sensos comuns” que não o são na verdade... mas nunca pensei que chagassem aos extremos a que chegam. Mas vamos aos exemplos práticos...


EXEMPLO 1 – O mito do banho

Pois é... não sei porquê mas o banho para os chineses é algo violento... tão violento que é capaz de AFOGAR AS ALMAS... nem mais... é isso que eles dizem que acontece se um familiar, após a morte de um parente próximo lavar a cabeça nos 7 dias que se seguem... corre o risco de AFOGAR a ALMA do ente querido... portanto... NADA DE BANHO...
Também uma mãe, após “dar à luz” não pode pensar no mesmo... banho... nem pensar... porquê?!? Ninguém sabe muito bem... mas nem pensar...


EXEMPLO 2 – O mito do “vento”

A esta eu acho imensa piada... os “ventos”, o que são?!? Ninguém sabe explicar... mas DIZ-SE que as pessoas devem periodicamente comer comida muito picante e imenso GENGIBRE para ajudar a “tirar o vento”... esse tal “vento” pelos vistos é algo que se ganha e que faz... por exemplo... ter dores de cabeça para a vida inteira... entre outras maleitas...


EXEMPLO 3 – O mito da fruta

Esta aplica-se particularmente a mulheres grávidas e tem a ver com um conjunto BRUTAL e quase infindável de mitos relativos ás capacidades DEMONÍACAS de uma quantidade enorme de Frutos e Vegetais... pois é... a frutas como a Melancia ou a Papaia, a Manga, a Banana e muitas muitas mais... são atribuídas as capacidades de promover ABORTOS... entre outras de maior ou menos gravidade para a mãe e respectiva criança...(a falta que esta informação faz na ilha da Madeira para resolver o problema da IVG na ilha). Outras... como as Lichias, tem uma capacidade mais cientifica... isto é, são capazes de alterar o DNA e são responsáveis pelo fenótipo do indivíduo... neste caso a forma e tamanho do nariz da criança é da responsabilidade... da Lichia ; ) mas estes são apenas meros exemplos...

Voltarei brevemente ao tema... isto se não comer entretanto algum pêssego ASSASINO...

 

Tempo para hoje:
Banda sonora: Nada de música = Encosta-me a Mim - Jorge Palma
Sexta-feira, 28 de Setembro de 2007

Fast Food Guide

Pois é caros amigos, cá continuo eu na minha viagem pelas “diferenças” e “semelhanças” entre este novo e diferente mundo e o "outro mundo"... aquele a que estava habituado desde que nasci...

Há uns dias atrás descobri algo com tanto de interessante... como de estúpido ; ) é verdade... todos sabemos que fast food é fast food em qualquer ponto do mundo... apesar de algumas diferenças... já agora e num parêntesis... concluí também que o pior fast food que existe é mesmo o “nosso” de Portugal... uma m**** mesmo... as mesmas cadeias aqui ou noutros países da Europa, não só oferecem muito melhores produtos, como o fazem a preços muito... mas muito mais baratos, sim, porque além de ser dos piores... é caríssimo face aos outros países...
 
Exemplo: um “Menu Big Mac” aqui custa se bem me recordo, o equivalente a menos de 2 €... ou seja, pouco mais de metade do que custa em Portugal... além de comermos mal (e porcamente) ainda comemos... CARO...

Mas ok, foi só um parêntesis, porque não era exactamente esse o assunto que queria abordar... acontece que... aqui, como em qualquer lado... as pessoas comem fast food quase diariamente, mas o que vi há uns dias “Chocou-me” se é que é ainda há algo capaz desse feito ; )... digamos que eu já vi comer batatas fritas com muitos molhos... com Ketchup, com Mayonaise, com os dois misturados... e até com mostarda e outros molhos mais ou menos próprios para o efeito... agora comer batatas fritas usando como molho... o SUNDAE... sim isso... o gelado... aquele gelado cremoso de baunilha tão comum nos fast food... esse mesmo...?!?

Procedimento: Passar a batata em volta do gelado até ficar coberta com o mesmo... e comer... My God... estes Chineses não têm mesmo hipótese nenhuma de salvação... são completamente CRAZY... ou como se diz aqui... XI SIN AH ; )

 

Tempo para hoje:
Banda sonora: Força - Nelly Furtado
Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

A Igualdade... Chinesa

 

Olá olá... ainda não totalmente recomposto do choque da noticia e do post anterior, resolvi voltar hoje ao tema... de sempre... CHINA... a bela China... e os seus contrastes com a sociedade ocidental.

 

Dizemos nós que queremos (no sentido de mostrarmos que somos uma sociedade evoluída) e temos vindo a progredir imenso no capitulo dos direitos humanos e particularmente numa especificidade que as nossas “comunas residentes” muito gostam de apregoar nos AVANTES e companhias (sim, essa FESTANÇA que junta 10x mais pessoas do que as que votam no PCP (ou será CDU?!?) nas eleições... e, principalmente jovens... ah, a bela juventude... sempre em busca de beber... não das ideologias mas sim umas "bejecas" para regar a “erva” que vão igualmente consumindo... (manias das ecologias... é o que é)...mas adiante... que de "AVANTE"... já temos que chegue...  

 

Meus amigos... a CHINA, é o verdadeiro... é "O" país onde REALMENTE as mulheres têm os MESMOS direitos que os homens... Ah pois é... mas é que têm mesmo... não estou a brincar... (já vimos no outro dia que cospem no chão e arrotam “alto e bom som” em publico como eles...) mas não é disso que estou a falar... na CHINA não há trabalho que não possa ser feito por ambos os sexos... indiscriminadamente e sem falsas “tangas” de isto é mais para os homens e aquilo nem por isso... e mais... se vão trabalhar para um trabalho que é (culturalmente na nossa sociedade ocidental) de homens, fazem-no tal e qual como eles... não há cá trabalhos “mais leves” para as meninas... querem exemplos... dou-vos um, talvez o maior e mais comum de todos: OBRAS ... sim senhor é isso mesmo... na CHINA há mulheres a trabalhar nas obras e não é cá com “ligeirezas” é a “acartar baldes de massa” e carros de mão de areia e a carregar e descarregar sacos de cimento... direi eu: “À MACHO”... só não sei... (e fica isto por esclarecer) se também mandam os CÉLEBRES piropos do andaime para algum “gajo” que passe na rua... mas prometo investigar esse assunto...

Tempo para hoje:
Banda sonora: Eu não sei - Expensive Soul
Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007

Higiene Relativa

 

Já todos ouvimos falar da higiene (ou da falta dela) dos restaurantes chineses e outros tais em Portugal. A autoridade máxima para a higiene e segurança alimentar levou mesmo a cabo algumas acções de fiscalização onde encontrou produtos alimentares em condições irregulares e condições ambientais que foram consideradas impróprias.


Meus amigos, deixem-me que vos diga, se essa fiscalização viesse aos restaurantes e outros estabelecimentos comerciais de produtos alimentares chineses... na China... ui ui... ai é que seria bom e bonito... acredito piamente (e sem exagero algum) que o restaurante que em Portugal foi o mais penalizado... na China seria alvo de louvor ou algo parecido... mas o que me leva a dizer isto? Para terem uma pequena ideia daquilo que falo, vou-vos dar um “lamiré” sobre o que são os restaurantes e similares na China...
Os chineses levam as coisas da cozinha e da comida muito a sério... em primeiro lugar porque não fazem outra coisa senão comer ao longo do dia... e em segundo lugar porque como já referi e devem calcular, o conceito de higiene na China é muito relativo (MUITÍSSIMO mesmo)... assim, se em Portugal e pelo mundo existem restaurantes que “abrem as suas cozinhas” à vista dos clientes onde quem espera pela refeição pode ver a sua preparação... na China eles não só “abrem a cozinha” como trazem-na para o centro da (suposta) “sala de refeições”... isto porque é vulgaríssimo vê-los preparar e lavar os alimentos (normalmente no mesmo balde que usam para a água de lavar o chão... e os pés...) no meio das mesas e no chão do restaurante... chão esses que não é lavado ou esfregado desde a ultima vez que houve cheias. ; )
E se acham o relato anterior  “pouco higiénico” então que me dizem de um “café” onde as comidas sobem da suposta cozinha para a sala de refeições por um elevador que saí dentro da zona dos WC?!? E onde o empregado serve chá em copos que já são “foscos” de tão velhos, batidos, partidos e raspados?!? (emprego esse que  traz para a mesa, e ao mesmo tempo, 3 ou 4 copos em cada mão, segurando-os com os dedos do lá de dentro). E já agora... esse mesmo chá sai de dentro de um gigante "termo" abastecido de água por uma mangueira (de jardim) que já está preta de tão velha, queimada e cheia de resíduos internos?!? Hein?!?
Venham cá falar de higiene e de restaurantes chineses em Portugal...venham...

Pensei seriamente em incluir fotos disto no post, mas tive receio dos efeitos secundários que estas poderiam provocar nos leitores...

Já agora lembrei-me de uma outra situação... ocorrida comigo num café fashion e "da moda" cá por estes lados... então cá vai o registo...contado, como sempre, na primeira pessoa:
- Pedi uma bebida a qual me foi entregue e, como seria normal, comecei a beber... num ápice a empregada de mesa voltou e retirou-me a bebida, dizendo que tinha havido um engano... acontece que passados segundos vejo a minha bebida passar para a mesa ao lado... com o mesmo copo, colher e a mesma PALHINHA por onde eu já tinha bebido... resultado... houve uma chinesa que ficou a saber "os meus segredos" todos... e isto é o que acontece nos cafés “limpinhos” e fashion... portanto... nos outros... aqueles de que falei anteriormente... imaginem... apenas imaginem...

Mais uma vez cá estou eu a prestar serviço publico à delegação de turismo ; )

Tempo para hoje:
Banda sonora: Walk On - U2
Terça-feira, 25 de Setembro de 2007

Living in China (O Início)

 

Todos sabemos que quem se desloca quer seja em passeio, negócios ou outro motivo, para um país que não é o seu, se tem que preparar para se ADAPTAR às regras e normas de sociedade vigentes. Mas quando os destinos de viagem são locais onde a civilização “dita ocidental” ainda não dita as suas leis... ou pelo menos a maioria delas... a coisa complica-se ainda mais.
Como se não bastasse na maioria das vezes a adaptação ser difícil e complexa por questões de linguagem e comunicação existem um “sem número” de normas diria, do “currículo oculto” em algumas dessas sociedades, que nos fazem a nós... ditos povos ocidentais ou ocidentalizados, benzermo-nos 20x seguidas (claro... porque ocidental que é ocidental é católico e benze-se...).
Deixo-vos agora com alguns pequenos exemplos (comentados) de algumas dessas “normas” com as quais nem sempre é fácil de lidar...

O Exemplo Chinês

O exemplo da China e do que é viver na China para “nós” povos armados em civilizados (e somos... oh se somos...) é um dos bons exemplos do que é ter que ser FLEXÍVEL e uma lição de como aprender a ADAPTAR-SE num meio adverso...
Mas perguntaram vocês (se não estiverem já a dormir com toda esta retórica) que é que a China tem assim de tão DIFERENTE?!?

1- O Bater com todas as portas – o bater com as portas na China deve ser uma “instituição nacional” tão importante como a “missa ao domingo” em Portugal... digo-vos meus amigos, não há Chinês que se preze que não bata VIOLENTAMENTE com todas as portas, sejam de casa, do carro o outras que se lembre ou tenha oportunidade... e não importa a que hora do dia, noite ou madrugada isto acontece... se sai de casa...tem que se fazer ouvir... fustigando a porta contra a sua própria ombreira;

2- O Transito nos passeios – deixem-me que vos diga... é duro... é violento... circular nos passeios das ruas e avenidas é uma aventura capaz de nos levar no mínimo a chegarmos a casa com meia-dúzia de arranhões e nódoas negras... não há uma ordem... cada um circula como quer e como bem lhe apetece e de preferencia há que pisar, empurrar ou abalroar quem circula no mesmo sentido ou no oposto... é uma verdadeira festa;

3- O Não respeito por filas – bem sabemos que qualquer serviço, publico, privado ou afim... que se preze tem fila... quando falamos de um local com (e atenção que isto é um termo técnico) “gente pra caraças” é normal que haja fila em tudo quando é sitio... é na padaria, é no supermercado, é à espera do Autocarro, o comum... há em todo lado e aqui não é excepção (bem pelo contrário). Assim, seria no mínimo de esperar que os Chineses estivessem habituados a este sistema... a fila, a ordem, a sua vez... muito longe disso... totalmente longe disso... aqui a palavra de ordem é... “SOU EU PRIMEIRO... PORQUE SIM” porque estou com mais pressa que os outros... e assim sucessivamente... escusado explicar mais... certo... já estão a ver o resultado...

4- O Não parar nas passadeiras – na mesma linha de pensamento da falta de organização, prioridade ou vez nas filas... vem este portento... se já é difícil entrar na passadeira e olhar para o lado certo para ver se vêm carros a passar (é para a DIREITA e não para a ESQUERDA primeiro) pior se torna esta árdua tarefa de atravessar ruas quando simplesmente está instituída a norma de que os condutores não têm que parar para os peões atravessarem... mesmo sendo uma PASSADEIRA... (daquelas às riscas como uma zebra e tudo, como no resto do mundo)... logo, funciona mais uma vez a “máxima” quem for mais forte é quem passa...(ou mais corajoso)...

5- O Não dar prioridade a Idosos ou Grávidas - esta está longe de ser exclusiva da China... mas dentro da linha de pensamento que temos vindo a seguir, não seria de esperar outra coisa... lugar sentado nos autocarros e etc... sim senhor, está lá tudo... placa identificativa, indicações nas línguas todas e mais algumas... pior é convencer o/a Matarruano/a que lá vai sentado de que a senhora grávida ou a “avózinha” é capaz de não conseguir ir de pé e aos saltos (oh se tem saltos...) a viagem toda...

6- A Religião e religiosidade – atenção que nada tenho contra a religião seja ela qual for (desde que não seja estúpida e usada como desculpa para fazer estupidezes). Na China arrisco-me a dizer que a maioria das pessoas são Budistas e têm alguns rituais relativos à sua religiosidade (que apesar de, na maioria dos casos, ser proibido por lei o seu cumprimento na via ou locais públicos não deixam de ser feitos... diariamente...). Um destes rituais é o acender de incenso e outros similares nas ruas, portas de lojas e partes comuns dos prédios de habitação (Corredores e Escadas)... se no que respeita à rua... é proibido... (mas pode-se fazer, só que é proibido...) já dentro dos prédios as manhãs e os finais de tarde são... fumegantes...

Estivemos até agora a ver vários exemplos de situações às quais não estamos muito habituados mas que, com uma dose extra de paciência, compreensão e entendimento, conseguimos (consigo “EU”) aceitar e engolir... até porque quem é “outsider” sou eu... Mas vamos agora aos 2 ELEITOS, aqueles, os tais, os SUPRA-SUMOS que eu não vou conseguir (digo eu) engolir, nem hoje... nem NUNCA... (será?!?)

7- O Cuspir no chão – pois é meus amigos, o CUSPIR NO CHÃO é uma “instituição” tão grande ou maior ainda que o “pastel de nata” e não há homem, mulher ou criança que não se furte a uma valente cuspidela para a via pública (se tivermos sorte... esse momento de “rara beleza” acontece no preciso momento em que vamos a passar e ainda levamos a “prenda” para casa)... é lindoooooooo...

8- O ARROTO – “Last but not least” temos talvez, e esta sim… a MAIOR de todas as “INSTITUIÇÕES” chinesas... o belo… sim o belo.. o maravilhoso... ARROTO... nem mais... mas não é o simples arrotar... é o arrotar “alto e bom som” em qualquer lugar... Ah como é bom... entrar num restaurante... sentar e preparar para comer uma bela refeição... e ouvir na mesa ao lado... ARROTOS... e mais ARROTOS... dá logo mais vontade ainda de fazer a bela da refeição... e quanto a esse não há mesmo nada a fazer... apesar de para mim ser dos que mais me “ENERVA” e “ENOJA” está mesmo instituído como símbolo de “boa educação”... como “elogio” ao cozinheiro/a pela boa comida que acabamos de DEVORAR QUE NEM ANIMAIS...

E pronto meus amigos, por hoje é tudo no que respeita este capitulo e há promoção turística da China (o departamento do Turismo agradece... provavelmente irei ser preso ou isso se alguém souber deste POST)... há e haverá muito e muito mais... mas fica para outro POST (caso não tenha sido preso entretanto...) que esta história dos ARROTOS e do CUSPIR no chão já me está a dar fome... e o vizinho da frente acabou de sair... acreditem que eu sei que acabou de sair... ;)

Abraços calorosos... e húmidos (29º para o primeiro e 94% para o segundo)
Tempo para hoje:
Banda sonora: Love Should - Moby

Informação NADA Interessante

pesquisar

 

Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Chinesices

E eu que pensava que já t...

Lusoquê?!

Maravilhas Portuguesas na...

A China e a “Anti-globali...

Ano do Búfalo?!

A China no seu (melhor) P...

O Natal na terra de Mao

Capitalismo "Made in Chin...

Paraolímpicos Paraestrang...

"Menina de Ouro" vale Pra...

Chinesices mais Antigas

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

LINKS

http://averpassarcomboios.blogspot.com/ http://memoriaspraeskecer.blogspot.com/

TIME

Visitantes Online

Music Player

Número de Vistos para a China

Motorcycle Accident Lawyer
Motorcycle Accident Lawyer Counter

A Melhor Rádio do MUNDO e ARREDORES

CHINESAGEM

A China mudou...
para melhor
para pior
Quem disse que mudou?
China?! o que e?
  
pollcode.com free polls
Hello Kitty tao querida que apetece...
Apertar
Esganar
Matar
Beijar
Abracar
  
pollcode.com free polls
Qual o seu signo no horoscopo chines?
Rato
Porco
Cao
Galo
Macaco
Cabra
Cavalo
Serpente
Dragao
Coelho
Tigre
Boi
Porco
  
pollcode.com free polls