Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

Ano do Búfalo?!

Pois é, cá por estes lados já anda tudo doido com os “Kung Hei Fat Choi” e os “Lai See”, as ruas, as casas, as portas dos edificios públicos e não só e tudo mais estão replectos de laternas, luzinhas e todo o tipo de apetrechos em tons vermelho-vivo e... claro... ouro, muito ouro...

 

Como é normal, com a próximidade da celebração de um novo ano lunar, o “animal” que se segue no horóscopo chinês ganha uma maior importancia e tudo ou quase tudo tem a imagem do “dito” impresso, colado, esculpido, etc...

 

Mas reparei que vejo vacas em todo o lado e pensei, espera lá, então mas o ano que aí vem não é o ano do BÚFALO?!

 

Parece que sim, mas apesar de ser o ano do búfalo o que vejo são desenhos muito “cute” de vaquinhas mais sorridentes que a outra dos queijos triangulares e pasme-se, com grandes pestanas e olhos azuis?!

 

É pá, algo vai mal na cabeça desta gente, é que substituir o búfalo pela vaquita, não estando muito correcto ainda vá lá que não vá que o a búfalo realmente é um “bicho” um bocadinho “feiote”, agora que a dita vaca tenha um sorriso “colgate”, grandes pestanas e olhos azuis, digamos que já começa a ser assim um certo exagero estilístico, ou será que não?

 

Tempo para hoje:
Sábado, 17 de Janeiro de 2009

A China no seu (melhor) Pior

Huang Yijun, é assim que se chama uma vulgar nonagenária residente em Huangjiaotan, no Sul da China. Nada de especial se passaria com esta senhora de 92 anos de idade não fosse o facto de estar grávida,?! ou melhor, de ter no seu útero um feto sem vida.

 

A descoberta foi feita pelo Dr. Liu Anbin no hospital de Qingshen a quando de uma ecografia efectuada à idosa por esta se queixar de dores de estômago.

 

Mas por mais macabra que esta descoberta possa já parecer, o pior, veio depois, quando questionada acerca do assunto a idosa revelou que não se travava de uma surpresa para ela, pois sabia perfeitamente possuir esse “bebé por nascer” no seu útero desde 1948?!

 

Desde essa altura – revelou – que soube que o meu filho tinha morrido, mas os médicos pediram-me muito dinheiro (cerca de 150€) para o tirar e como eu não tinha, não fiz nada...

 

Assim, ficaram os médicos chineses primeiro, e agora o mundo a saber que esta senhora de 92 anos de idade carrega no seu útero um feto morto à cerca de 60 anos por mera incapacidade de fazer face aos custos para o remover.

 

Por explicar pelo ciência fica o “como é possivel” uma mulher carregar um feto morto dentro do seu corpo durante 60 anos mantendo um estado de saúde invejável.

 

Desde que foi revelada a notícia já correu mundo e hoje mesmo o jornal britânico “The Sun” fará uma reportagem mais alargada sobre o assunto, quem tiver curiosidade compre (se puder) ou passe no site do dito jornal e veja todos os pormenores.

 

Tempo para hoje:
Domingo, 7 de Setembro de 2008

Paraolímpicos Paraestrangeiros

Se os XXIX Jogos Olímpicos foram a ocasião suprema para a China demonstrar ao mundo todo o seu potencial, os Paraolímpicos que ontem começaram são a oportunidade da China continua a demonstrar toda a sua “força” e toda a sua “dedicação” ao desporto e ao “Espirito Olímpico”.

 

Com uma cerimonia de abertura não tão glamourosa mais igualmente grandiosa a China quis demonstrar ao mundo que está TÃO empenhada nestes Paraolímpicos COMO nos Olímpicos do mês passado.

 

Acontece que há certos “detalhes” que lhes “fogem como areia seca por entre os dedos”, a transmissão televisiva da cerimónia esteve a cargo da TVB uma cadeia de grande dimensão que transmite a partir de Hong Kong e que foi um dos GRANDES parceiros dos Jogos de Pequim. Acontece que, DESTA VEZ, e ao contrário DA OUTRA, (entenda-se da de 8/8/2008) as honras foram exclusivas para o canal da TVB em inglês, enquanto que o canal em chinês continuou a transmitir alegre e despreocupadamente as novelas da praxe.

 

Ao que parece os actuais PARAOLÍMPICOS são mesmo IMPORTANTES, mas só para ESTRANGEIRO VER... os locais gostam mais dos que têm os braços e pernas todas, que conseguem ver, falar ou ouvir perfeitamente ou que têm um desenvolvimento mental e físico considerado NORMAL pelos nossos standarts.

 

Nada de novo... é assim que as sociedades tratam mesmo as pessoas com deficiência, como DESIGUAIS, acontece que na chinesa, os desiguais são ainda mais DESIGUAIS que os outros e não servem para o desporto mas para ANGARIAR FUNDOS ATRAVÉS da mendicidade e isso não é nada giro de mostrar ao mundo, nem mesmo ver que os “deficientes” dos outros também correm, nadam, jogam e GANHAM MEDALHAS...

 

 

P.S.: Por Portugal chegou a verdadeira altura de apoiar o desporto para deficientes, agora que eles vão trazer medalhas... por certo MUITAS MAIS que os outros... aqueles a quem PAGAMOS fortunas para irem passar férias a Pequim... (Grande Vanessa é triste teres que vir “dar o dito por não dito” para sobreviveres neste mundo mas a tua IDEIA ficou... acredita que sim...)

 

 

Tempo para hoje:
Terça-feira, 29 de Julho de 2008

Pela China... Continuam as CAMPANHAS EDUCATIVAS...

Depois da maravilhosa conferência de imprensa do sr. Zhang Zhenliang, chegou a vez do governo regional de Pequim alertar a sua população para mais uma série de coisas a não fazer durante os Jogos Olímpicos.

Segundo o jornal oficial Notícias de Pequim, as autoridades chinesas publicaram um aviso que apela aos cidadãos mais curiosos da cidade para evitarem colocar as "oito perguntas", que podem “envergonhar” os estrangeiros que vêm assistir aos Jogos.

Os cartazes que o governo municipal colocou no distrito de Dongcheng, na capital chinesa possuem indicações como:

"Não faça perguntas sobre pormenores pessoais ou relacionados com o contexto familiar, não faça perguntas acerca de rendimento ou despesas pessoais, não faça perguntas sobre os bens da família".

e

"Não faça perguntas acerca da idade ou do estado civil, não faça perguntas sobre o estado de saúde, não faça perguntas sobre onde vive a família, não faça perguntas sobre política ou religião e não faça perguntas sobre a vida amorosa", indica o aviso oficial.

As chamadas “oito questões a evitar” são mais uma das numerosas iniciativas que pretendem “limar” a imagem da capital chinesa para que esta se apresente irrepreensível ao resto do mundo durante os Jogos Olímpicos, entre 08 e 24 de Agosto. (só mesmo durante esses 15 dias porque depois volta tudo à NORMALIDADE)


 Ainda de acordo com as autoridades oficiais chinesas, o presente “aviso” serve para, e passo a citar: “evitar a vergonha por falta de educação”.

De realçar que Pequim investiu 2,5 milhões de dólares (cerca de 1,7 milhões de euros) em campanhas de civismo e boas maneiras coordenadas pelo Departamento de Desenvolvimento Cultural e Ético de Pequim.

Desta MEGA-CAMPANHA, e ainda citando as autoridades chinesas, “constam avisos e esforços para desencorajar comportamentos rudes como cuspir para o chão ou desrespeitar as filas de espera, bem como medidas para melhorar a qualidade atmosférica em Pequim e acabar com as actividades ligadas à indústria sexual”. (meus amigos, desculpem lá mas estas eu só acredito quando VIR com os meus PRÓPRIOS OLHINHOS, isso é praticamente “cuspir” nas tradições chinesas)


As perguntas a evitar, hoje divulgadas, pretendem evitar choques culturais que levam os estrangeiros a serem confrontados com perguntas que consideram incómodas ou impertinentes, mas que os chineses encaram como um diálogo inofensivo.

A pergunta acerca do salário auferido é uma das questões mais comuns (quem diria e eu que pensava que eles nem falavam de dinheiro) que faz com que a maioria dos estrangeiros fique sem resposta, sobretudo porque os rendimentos dos cidadãos estrangeiros tendem a ser superiores aos dos chineses. (jura! Então os chineses que rematem e perguntem quando custa no país deles um carro – principalmente se estivermos a falar de portugueses)


Os chineses também têm pouco pudor na hora de perguntar a idade a alguém e não se coíbem de dizer a uma pessoa que ela está "gorda", que é considerado um elogio associado a uma vida próspera. (claro que sim, por isso que eles são todos GORDISSIMOS que nem um cabo de vassoura)


Por último cabe referir que o distrito de Dongcheng, onde os cartazes começaram a ser colocados, é o distrito onde se encontram a “Cidade Proibida” e muitos outros locais históricos e turísticos frequentados por estrangeiros, além de algumas das principais infra-estruturas olímpicas.

Tempo para hoje:
Domingo, 20 de Julho de 2008

A China em Sondagem no sapo.pt

Entrei no sapo.pt como é meu hábito e dei de caras com uma sondagem que me cativou o interesse. Perguntava-se aos visitantes se "GOSTARIAM DE VISITAR A CHINA"... curioso espreitei nas votações e era este o resultado à pouco.

Resultados Sondagem no Sapo.pt

Conclusões: A China (como é se certa forma lógico) não está nas prioridades da maioria dos portugueses, mas o mais curioso e problemático é que ainda há um grande número de portugueses que diz que sim, que gostaria de visitar a China o que me preocupa pois temo pela paz e segurança deste local (quase) aprazivel.

 

P.S.: A todos esses... aqui fica o blog, gostando ou não da China aqui vão tendo uma ideia ou duas do que é VIVER por CÁ...

 

Tempo para hoje:
Quarta-feira, 16 de Julho de 2008

Os Jogos Olímpicos da Boa Educação ou Como fazer Pierre de Coubertin* dar voltas na tumba

Pois é, agora que estamos a 25 dias (e a contagem decrescente continua) para o início dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, chegou a hora dos responsáveis pelo evento universal virem dar um “arzinho da sua graça” mostrando ao mundo o resultado dos seus “T.P.C.”.

Zhang Zhenliang (fixem este nome pois desconfio que ainda vão ouvir falar muito dele) é o subdirector do departamento de voluntários do BOCOG (Beijing Organizing Comité Olympic Games) e, em conferência de imprensa, veio dar conta das “novas” regras a respeitar pelos espectadores que resolverem deslocar-se a Pequim para assistirem aos jogos. Segundo o responsável chinês, para além de comprarem bilhetes (obvio) os espectadores vão ter que cumprir um conjunto de 26 regras impostas pelo BOCOG (só?! Dirão os chineses!!).

O BOCOG especifica a coisa e diz que essas regras (editadas em livro) serão 22 restrições e 4 proibições visando, passo a citar o Sr. Zhang Zhenliang “...manter a ordem e a segurança”.

O Sr. Zhang Zhenliang apelou ainda aos espectadores que MEMORIZEM (coisa nunca vista na China, eles quase nem memorizam nada...) as normas olímpicas.

Do “livrinho” das regras e códigos de conduta durante os Jogos Olímpicos é possível retirar dúvidas acerca de algumas das proibições, vejamos alguns exemplos:

- não se podem tirar fotos com flash nos locais olímpicos;

- Máquinas de filmar e rádios não entram nos recintos;

- E estão proibidos comportamentos como a embriaguez, a nudez, o jogo (por esta é que eu não esperava), as manifestações (a sério!?), concentrações e protestos (quem diria?!).

As regras que foram promulgadas na passada segunda-feira aconselham ainda os espectadores a não trazerem cartazes ou panfletos de publicidade comercial, religiosa, politica, militar, de defesa dos direitos humanos ou de protecção animal ou ambiental (atenção que a ordem não é minha, é do Sr. Zhang Zhenliang) pois, segundo o mesmo responsável, estes VIOLAM OS PRINCIPIOS DO EVENTO OLIMPICO. (obviamente que sim, nunca uns jogos olímpicos serviram para fins PUBLICITÁRIOS e/ou de promoção RELIGIOSA, POLÍTICA, MILITAR ou outra... mas é que NUNCA na vida)

O BOCOG (não satisfeito com as proibições anteriores) enumera ainda uma lista de objectos proibidos como instrumentos musicais, buzinas, isqueiros fósforos ou outros e ADVERTE que é MAU PRINCIPIO abrir os guarda-chuvas e/ou sombrinhas durante os eventos desportivos (isso agora é que vai ser um GRANDE PROBLEMA... ai vai vai... proibir tudo o resto ainda vá, agora as sombrinhas é que não... isso é como tirar o oxigénio do ar que eles respiram). Serve tudo isto para, citando mais uma vez o “alto responsável” chinês, “...assegurar um ambiente de ordem, alegria e harmonia”.

No ponto seguinte, foi informado que a formação dos 800 mil voluntários que começou a ser efectuada no início do corrente mês inclui as chamadas “rotinas para incentivar os atletas”. Desta forma, aos voluntários, foi ensinado a APLAUDIR em quatro passos com lemas fáceis de memorizar (sem comentários!!), já tendo aprendido igualmente que têm que se levantar quando soarem os hinos nacionais dos diversos países (UAU!!) e que no final tem que apanhar o lixo (Ah bem, OK, afinal é mesmo fácil, 1- Levantar; 2– Aplaudir; 3- Apanhar o lixo. Até eu já MEMORIZEI). Por fim, e ainda segundo o mesmo responsável, de referir apenas que o “livro das regras” será fornecido com a compra do bilhete para o evento e que terá uma linguagem simples e directa. (ou como se diz em BOM PORTUGUÊS, será CURTO e GROSSO!)

Dispensa mais comentários, adoro ver toda esta HARMONIA e LIBERDADE. Por este andar vamos ter uns Jogos Olímpicos fantásticos... com toda a NATURALIDADE...

 

* Pierre de Frédy (Paris, 1 de Janeiro de 1863Genebra, 2 de Setembro de 1937), mais conhecido pelo seu título nobiliárquico de Barão de Coubertin, foi um pedagogo e historiador francês, tendo ficado para a história como o fundador dos Jogos Olímpicos da era moderna.

 

Tempo para hoje:
Quarta-feira, 9 de Julho de 2008

Profissões “Tipicamente” Chinesas

Já não é novidade (pelo menos para quem lê o blog) que na China o conceito de profissões por género (masculino ou feminino) é pouco ou nada vulgar. Há uns bons tempos (vide aqui) dei-vos a conhecer o facto de aqui existirem, E MUITAS, “mulheres das obras” uma profissão que no “nosso” (meu) conceito ocidental é tipicamente masculina (põe masculina nisso).

Pois é, hoje tive mais uma surpresa, fui com o carrito à revisão, coisa mais do que comum... o que é pouco ou mesmo nada comum é o facto de ter dado de caras não com um “vulgar” mecânico mas sim com UMA “MECÂNICA” (será que existe sequer este termo?) isso mesmo, uma mulher, e, ao que sei, foi ela que me mudou o óleo (ao carro) entre outros serviços da vulgar manutenção.

E atenção que não é uma “oficina qualquer” ao lado do meu carro estavam (para o mesmo serviço) 2 “cavallinos rampantes” (se não sabem o que é vão ao Google) ;-)

Não sei se o carro estranhou ou não o “toque feminino” mas fica registado de facto mais uma das surpresas deste mundo à parte chamado China.

 

Tempo para hoje:
Quinta-feira, 3 de Julho de 2008

Fast-food portuguesa... na China?!

Todos sabemos que o mundo é cada vez mais GLOBAL... e que essa globalização se vê em inúmeros aspectos do nosso dia-a-dia... a chamada “fast-food”, de conceito americano foi uma das coisas que se expandiu rapidamente e hoje em dia é possível de encontrar em todos (ou quase todos) os cantos do mundo... (e arredores) e a China não é disse excepção (antes pelo contrário). Até aí tudo normal, agora o que eu não estava à espera era de encontrar comida “portuguesa” incluída no menu da “fast-food” americana... na China.

No outro dia, ao “ler” um desses folhetos que são colocados nas caixas do correio (sim, aqui também há disso) fui surpreendido ao encontrar isso mesmo, comida “portuguesa” (ou pelo menos com designação disso) num folheto da PizzaHut.

 

 

Site

É um facto, além de existir comida “fast-food” portuguesa na China ela é LARGAMENTE recomendada tanto nos folhetos promocionais como no próprio site da marca americana.

Vejamos alguns exemplos:

Vegetais Cozinhados com Molho Português

Galinha à Portuguesa com Arroz ou Esparguete

 

Parece que definitivamente os chineses não só estão rendidos à “fast-food” como ao toque ocidental da comida portuguesa.

A que é que sabe?!

Ainda não provei! É que para mim comida portuguesa é mesmo um belo BITOQUE ou um BACALHAU mas se isso acontecer, darei conta disso...

Tempo para hoje:
Segunda-feira, 23 de Junho de 2008

(In)Segurança Rodoviária na China

Um dos assuntos que muitas vezes abordo aqui tem a ver com a segurança rodoviária (ou a falta dela) na China. É um facto, quem consegue conduzir na China (e em Portugal) consegue conduzir em qualquer parte do universo (e arredores). É realmente algo que nos une, a “nossa” falta de civismo e educação ao volante, mas, creio que pesando bem tudo, a China ainda nos consegue ganhar por larga vantagem.

Deixo-vos aqui hoje mais um exemplo das idiotices que vejo diariamente ao volante.

O transporte das crianças nos automóveis – pensar-se-ia que no país onde todos os acessórios para transporte de crianças (de todas as idade e tamanhos) são feitos que não haveria problemas com esse aspecto e, na verdade, não há, pois é EXTREMAMENTE comum ver todos os dias pais (e mães) que transportam os seus filhos de tenra idade... AO VOLANTE... NEM MAIS!

Não sei se é por pura ignorância ou se realmente as pessoas acham que estão a contribuir para a educação e/ou formação dos filhos – “ensinando-lhes” a conduzir desde cedo.

É um facto que “todos nós” (pelo menos o pessoal da minha geração) já andou ao volante com os nossos pais, mas nessa altura não haviam air-bags e outros tais que agora fazem dessa viagem um risco AINDA maior do que na altura.

Mas é assim mesmo que eles vão, ao colo... e ao volante porque apesar de as fabricarem aos milhões não usam nem uma das nossas “famosas” cadeirinhas XPTO com todos os autocolantes “CE” (como manda a lei).

 

Tempo para hoje: (Mas dizem que vem aí tufão)
Quarta-feira, 4 de Junho de 2008

Coisas boas que há na China

Sei que tenho abordado esta aventura chinesa um pouco pela negativa realçando muitas das vezes as coisas negativas. Chegou a hora de um certo retratamento e de vos falar das COISAS BOAS, sim, porque morar na China tem muitos aspectos positivos (caso contrário não estaria cá, certo?)

Decidi fazer uma pequena lista das coisas boas que há na China e que não temos ou são muito mais difíceis de obter por terras lusitanas.

Aqui vão os destaques:

- Não precisamos sair de casa para ir despejar o lixo – todos (ou quase todos) os prédios dispõe de um local por piso onde depositamos todo o lixo que depois é tratado pelo condomínio;

- Há supermercados, restaurantes e lojas de conveniência abertos 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano (só fecham mesmo quanto os tufões e outras tempestades tropicais atacam forte);

- Todos (ou quase todos) os restaurantes (sejam eles de que tipo de comida forem) têm take away e entregas em casa, sendo que muitos deles nem sequer cobram qualquer valor adicional por esse serviço;

- , nas proximidades de casa ou trabalho, um restaurante de comida italiana, indiana, japonesa, espanhola, francesa, mexicana ou mesmo portuguesa (se bem de português por vezes é pouco mais do que o nome).

- Quase tudo pode ser pedido por telefone e entregue em casa. 

 

Como vêm há muitas razões para que viver na China não seja assim tão mau como às vezes parece. E estas são apenas algumas, há muitas mais. 

Tempo para hoje:

Informação NADA Interessante

pesquisar

 

Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Últimas Chinesices

Ano do Búfalo?!

A China no seu (melhor) P...

Paraolímpicos Paraestrang...

Pela China... Continuam a...

A China em Sondagem no sa...

Os Jogos Olímpicos da Boa...

Profissões “Tipicamente” ...

Fast-food portuguesa... n...

(In)Segurança Rodoviária ...

Coisas boas que há na Chi...

Chinesices mais Antigas

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

LINKS

http://averpassarcomboios.blogspot.com/ http://memoriaspraeskecer.blogspot.com/

TIME

Visitantes Online

Music Player

Número de Vistos para a China

Motorcycle Accident Lawyer
Motorcycle Accident Lawyer Counter

A Melhor Rádio do MUNDO e ARREDORES

CHINESAGEM

A China mudou...
para melhor
para pior
Quem disse que mudou?
China?! o que e?
  
pollcode.com free polls
Hello Kitty tao querida que apetece...
Apertar
Esganar
Matar
Beijar
Abracar
  
pollcode.com free polls
Qual o seu signo no horoscopo chines?
Rato
Porco
Cao
Galo
Macaco
Cabra
Cavalo
Serpente
Dragao
Coelho
Tigre
Boi
Porco
  
pollcode.com free polls